PJV - Hotel Sinuelo

Hotel Sinuelo

Ficha Técnica

Hotel Sinuelo
Local: BR 101 – Araquari – Santa Catarina, Brasil
Área construída: 4.260 m2
Área do terreno: 30.000 m2
Ano do projeto: 2010

Organização do programa

Buscou-se dar ao programa do hotel uma organização muito clara. O térreo foi destinado para a recepção e auditório para eventos, os cinco andares intermediários abrigam todos os apartamentos enquanto que na cobertura funcionam o restaurante e café da manhã. Uma torre central abriga a circulação vertical (elevadores e escada) e áreas de serviço para cada pavimento. Buscou-se realçar as fortes relações visuais que o local nos impõe apartir da localização e distribuição do programa solicitado. No térreo o espaço de chegada (halll de entrada) possui 18 metros de altura e proporciona uma ligação espacial interna entre todos os pavimentos. Cinco passarelas atravessam este vazio interligando um bloco de apartamentos ao outro, proporcionando ao hóspede um agradável percurso uma e bela vista do entorno.

Arquitetura

A arquitetura do Hotel Sinuelo é feita através de desenhos simples e poucos elementos formais, concebendo um projeto com leitura fácil e identidade própria.
Sua consistência formal é obtida através da síntese de quatro caixas. A caixa do térreo configura o espaço de eventos e recepção, as duas caixas cinzas intermediárias funcionam como os supostos 2 blocos de apartamentos, e a caixa que formata o andar da cobertura foi destinada ao restaurante e café da manhã.
As relações visuais são de suma importância na concepção deste projeto. Sua característica horizontal é determinada pelo lugar em que está inserida a edificação. As margens da BR 101, rodovia que interliga o sul ao resto do país, local de grande tráfego e de passagem rápida, o projeto busca uma leitura clara e limpa, respeitando e valorizando o local onde se encontra.
Um grande espelho da á´gua delimita e organiza a chegada de carros e pedestres ao hotel, além de melhorar a qualidade do ar ao redor da edificação.
Um átrio central é configurado apartir da sobreposição de volumes cúbicos criando assim o grande vazio da edificação. Com altura de 6 pavimentos, o hall de entrada atinge uma altura de 18 metros, qualificando o ambiente interno, aproveitando a iluminação natural e a vista da paisagem, e proporcionando a integração visual entre as passarelas de cada pavimento e a paisagem ao seu redor.
O andar da cobertura também terá a função de um grande mirante. Colocando o usuário a uma altura de mais de 20 metros de altura em relação ao nível do chão e da BR-101, proporcionará uma visão completa da paisagem edo seu entorno.