PJV - Casa Brise

Casa Brise

Ficha Técnica

O projeto: Casa Brise
Arquitetura: Pablo José Vailatti
Localização: Balneário Piçarras – SC
Área construída: 290 m2
Área do terreno: 300 m2
Início do projeto: 2007
Término da obra: 2008

Fornecedores: Mauriline (esquadrias em vidro temperado), Pedros Pedras (pedras externas), Planeta Mármore (granitos), Espaço Blumenau (peças em alumínio, portões, sacadas e brise), Vidraçaria Alemã (vidros muro e peitoril escada), Gesso Piçarras (acabamentos em gesso), Itagres (pisos e revestimentos), Frigelar (refrigeração).

A casa foi projetada e construída pelo escritório com o objetivo de colocar alguns ideais de arquitetura em prática.
O projeto respeita o entorno e o seu local. As aberturas e espaços abertos, como sacadas, são dispostos de forma a melhor se adaptarem ao entorno, buscando sempre valorizar o visual do local e sua orientação solar.
O projeto busca algumas soluções ambientais básicas, sem o uso de grandes tecnologias. Tetos de vidro são instalados sobre os boxes dos banheiros, trazendo iluminação e ventilação natural aos ambientes. Na sala social, o alto pé-direito colabora com a troca de ar gerando maior conforto térmico e qualidade espacial para o ambiente. Como fechamento desta sala um painel em vidro temperado permite a entrada de luz natural ao mesmo tempo que um brise suspenso em alumínio controla a entrada direta dos raios solares.
Utilizou-se como tecnologia construtiva o método tradicional de estrutura de concreto armado e fechamento em tijolos cerâmicos, buscando maior economia para a obra.
O caráter contemporâneo da obra é evidenciado pelo uso e encontro de diversos materiais, a parede da sala com 6 metros de altura é revestida com pedra picada, no teto da sala é utilizado o concreto aparente, e nesta laje é pendurado o brise em alumínio branco, elemento de maior presença nesta composição formal. Nos demais elementos a casa segue um jogo de formas limpas e simples aliado a uma cromática branca.
O desenho dos muros, infelizmente necessário na região, possui alguns rasgos em vidro. Duas peças feitas com vidro curvo formatam a esquina e buscam integrar a área externa da casa com o entorno do local e a cidade.
O acabamento utilizado na escada foi o cimento queimado, enquanto o guarda corpo foi executado totalmente em vidro temperado transparente, fixado diretamente nos degraus, sem o auxílio de pilares ou corrimão.

A casa foi dividida em dois pavimentos. No pavimento superior temos as 3 suítes e uma sala de estar com um total de 120 metros quadrados. No pavimento térreo está o setor social totalmente integrado composto por dois ambientes de estar, mesa de jantar, churrasqueira e cozinha balcão, além de garagens, área de serviço e banheiro com um total de 170 m2. A casa possui uma sala com pé-direito duplo de 6 metros de altura e demais ambientes com altura de 3 metros. A área total construída foi de 290 m2.

Este projeto, para uma casa de praia, busca evidenciar o convívio entre seus moradores através da total integração da sua área social. A sala, responsável por esta integração, é também o elemento principal de sua expressão formal e proporciona diversas sensações causadas pelos elementos arquitetônicos que a compõem: a laje em concreto aparente, a parede em pedra e seu rasgo vertical, o painel frontal em vidro transparente e seu brise suspenso em alumínio, elemento arquitetônico este que dá nome a casa.